AMIGOS de ANDRÉ MUSTAFÁ

quinta-feira, 2 de abril de 2015

Não foge aquele que se retira.


"Não foge aquele que se retira".

"Assim estou vivendo meus momentos, dando dois passos para trás, recuando aos acontecimentos, mirando-os e possibilitando admira-los... reve-los... compreende-los de outro prisma. Estou respirando... respirando... e assim me proporcionando espaço para pular os obstaculos. Ver a cena de outro angulo, não é fuga, é um passo estratégico para outro movimento. Nao se pode fugir de si e nem dos acontecimentos da vida que construi ao logo de minha historia. Estou me refazendo como as cinzas, na rebrota, ou do eterno reequilibrio de um naufrago  junto ao seu 'tronco'. ... dai penso em  Mario Quintana

Um dia...Pronto!...Me acabo.
Pois seja o que tem de ser.
Morrer: Que me importa?
O diabo é deixar de viver.

“A vida é muito curta para ser pequena.” 


"... nunca tive interesse de uma vida superficial, morna... nem tão pouco apequenar a minha pequena existencia. Mas convenhamos = a vida é muito curta pra ser vivida, e para mim sempre quis transbordamentos... de partilhas... quero uma mesa de natal que nao seja só abundante, mas com partilha. Que o almoço de domingo com a familia cada um leve um poquinho de comida, mas que na hora de ir embora, cada um leve mais do que tinha trazido. Me despeço da etica individualista, destrutiva, deletéria, predatoria que diz que (cada um por si e Deus por todos)... Mahatma Gandhi, nos alertou para isso = ‘Olho por olho, e o mundo acabará cego’.... Nasci no mes de fevereiro, da divindade etrusca Februe, divindade da purificação, da febre, anulaçao daquilo que nao serve... uma especie de lavando minha roupa (minha pele). Não espero o dia do juizo final  e me faço agora aos 41 anos essas perguntas = Porque é que fiz o que fiz e porque nao fiz o que apenas pensei em fazer? Aliás, porque é que fiz do modo que fiz... e porque é que deixei de fazer aquilo que deveria ter feito? ... Em Apocalipse (a Revelção cap. 3 ver.15), Deus falou ‘ Assim, porque és morno, e não és frio nem quente, vomitar-te-ei da minha boca'. Nunca quis ser morno em minhas relaçoes, nao economizo afeto por isso estou aqui me revelando aos que nao economizam tempo para lerem esses linhas.


"...se eu nao existisse que falta eu faria? Nao quero fazer falta e ser esquecido, nao quero morrer... quero que pessoas lembre das comidas que fiz, dos quadros que pintei, das peças que dirigi, dos texto que escrevi, dos frangos que assei nos domingos para tantos e tantos...rsrsr. Dai não quero desistir da vida... de cuidar do outro... quando me for quero ficar, quero ficar em minha obra..me doar ao outro... quero ir adiante. Em minha lapide quero que escrevam 'Eu nao estou aqui'... dai preciso dar dois passos para trás para pegar impulso ao salto!


" ...quero uma vida com propósitos, quero ganhar o sustento daquilo que prezo e com quem prezem o que estamos realizando... não podemos nos apequenar nas atividades que desenvolvemos. Quero honrar minha existencia, atuar de maneira que não seja cínica, pois ética não é cosmética. Guimarães Rosa, dizia: ‘o real não está na saída nem na chegada: ele se dispõe para a gente é no meio da travessia’. Assim nao quero ficar refém das idéias pobres, sem os respiros do Amor, mas acautelo-me para envelhecer (sem ficar velho), sem ser absoleto e inútil. São Bento (Benedetto de Norcia) em sua regra 34 diz É Proibido Resmungar, o que nao significa que não possamos, discutir, debater, questionar ou discordar. Gente que passa a vida toda amaldiçoando a escuridão ao invez de acender uma vela.  Sou um encrenqueiro, dou paços largos, quero fazer e refazer, acredito em sonhos... assim farei o meu melhor!!! (André Mustafá)