AMIGOS de ANDRÉ MUSTAFÁ

domingo, 18 de julho de 2010

Oficina de Teatro Academia Vila Forma (click aqui)



Este vídeo é o resultados dos Módulos I e II (corpo e voz), que foram coordenados pelo diretor teatral André Mustafá. Diversas foram as técnicas e jogos que culminaram nesse, que é um dos resultados da Oficina de Teatro. As aulas foram desenvolvidas na Academia Vila Forma no bairro do Rio Vermelho em Salvador (Brasil).



Uma Oficina para iniciantes, jovens de 20 à 60 anos que se inscreveram e aqui mostram resultados do ultimo dia do Módulo II (voz). Cada dia de aula Mustafá pode fornecer e conversar sobre material teórico na forma de apostilas sobre a história do teatro, DVDs sobre técnicas, espetáculos, dramaturgos, encenadores, maquiadores, gente de teatro, dança e cinema que possibilitaram o avanço considerável na formação de cada inscritos. Nomes como Ariano Suassuna, Antunes Filho, Augusto Boal, Barbara Heliodora, Bibi Ferreira, Denise Stoklos, Plínio Marcos, Amir Haddad, Gerald Thomas, Jô Soares, Modesto Carone, Glauber Rocha, José Celso Martinez Correia, entre tantos outros ampliaram os horizonstes para estes novos "iniciados" na Arte Cênica. Compreender o Panorama brasileiro através da ótica desses pensadores do teatro é de fundamental importância para que não se crie artistas e cidaãos alienados.


Assim, com esses elementos, se faz presente estas imagens que vocês podem ver; feita de vigor, ódio, amor e muita cumplicidade. Esses são um dos maiores mandamentos do teatro, sem isso se faz tudo, menos teatro de verdade.. Quando se diz que não existem muitos atores e atrizes para grandes personagens trágicos, de Shakespeare, ou para as obras de Nelson Rodrigues, é sem dúvida por faltar isso: Pele e Sangue. Não se pode compreender teatro na ótica da internet, sentado na frente de um computador.



Então o que estamos trazendo para quem assiste (esses vídeo) é um dos muitos resultados da Oficina, que não podem ser resumidos em poucas imagens. Quem viveu esses momentos sente o suor, o pulsar do coração e o tato do colega. Sem pintura (maquiagem) no rosto, sem figurinos, nem tão pouco iluminação, ou cenários... O verdadeiro ator não precisa desses excessos para mostrar o que veio fazer em cima do palco. O estudante de teatro fala com a voz e corpo do poeta, não como um político em cima de um palanque frouxo e enferrujado. Precisa-se mais do que uma simples aparência. Precisa ter muito desejo pela vida!!!

A formação de André Mustafá nasce antes mesmo do ingresso no curso de Bacharelado em Direção Teatra, pela Universidade Federal da Bahia - UFBA. Foi ator do grupo Nossa Cara, dirigido pela atriz e psicóloga Maria Eungênia Milet, que fundou o CRIA, trabalhou com diretor alemão Volquer Quandt e a diretora e pesquisadora Vera Achatikin, realizando o espetáculo O Rei do Trono de Barro (com Turnê pela Alemanha), dirigiu espetáculos como Édipo Rei, Admirável Mundo Novo, Pequeno Príncipe, A Intrusa, As Três Águas, Pindorama, Araçá, entre outros. Participou de diversas palestras, colóquios e Seminários junto a grupos e outros encenadores como o Grupo Italiano Potlach, o grupo da Alemanha Antagon, o Lume de Campinas. Informações gerais ver blog: http://www.andremustafa.blogspot.com

Breve Novas turmas
71. 3384-2939 ou 8837-2943